Sabia tudo? Morte de empresário de Cristiano Araújo acende teorias e mistério

Sabia tudo? Morte de empresário de Cristiano Araújo acende teorias e mistério

Mostre isso para seus amigos nas redes sociais

A morte do empresário Didi Latino está provocando polêmica no mundo dos famosos. Ele foi encontrado ensanguentado nesta quarta-feira (24), em uma rodovia da região de Muriqui, no Rio de Janeiro. O agente foi levado para o Hospital Municipal Victor de Souza Breves, em Mangaratiba, mas não sobreviveu, segundo informações do site da revista Veja.

Segundo a perícia, Didi teria levado quatro tiros. A forma de sua morte, um claro assassinato, gera dúvidas, teorias, comoção e, é claro, pedidos de investigação.

Didi Latino é assassinado e famosos pedem investigação

Didi ficou famoso por ter gerenciado a carreira de Cristiano Araújo. O cantor sertanejo faleceu em 2015, em um acidente de carro em uma rodovia da capital do estado de Goiás, Goiânia. No acidente veicular, além de Cristiano Araújo, sua noiva, Alana, também faleceu. O caso gerou grande comoção. Após o falecimento de seu principal agenciado, Didi Latino continuou os seus trabalhos. Ele estava gerenciando a carreira de uma dupla de sucesso, Humberto e Ronaldo.

Empresário é avistado andando ensanguentado e falando coisas sem sentido. Nascido com o nome de D’Stefany Vaquero Lima, o agente foi encontrado andando na Rio-Santos. Ele foi avistado por policiais, que estranharam a cena e pararam Didi. De acordo com os investigadores, ele falava coisas sem sentido. De qualquer forma, os policiais correram e o levaram até ao hospital, onde, infelizmente, ele não resistiu. O assassinato tem causado estranheza, inclusive, entre os famosos, que pedem claramente uma investigação.

O que Didi Latino sabia?

A morte do empresário rapidamente gerou muitas teorias da conspiração. A situação piorou quando a polícia revelou que ele não havia sido roubado. No momento em que Didi Latino foi encontrado, ele portava documentos, inclusive, um passaporte. Além disso, tinha 500 reais em espécie e cartões de crédito. Pelo menos um dos tiros efetuados contra o empresário foi em sua cabeça. Atualmente, o empresário morava na cidade de Fortaleza, no Ceará, mas por conta do trabalho, viajava por todo o país.

O inquérito policial

Alguns fãs de Cristiano Araújo fizeram questão de mandar mensagens de pesar pela morte do empresário. Assim como famosos, eles também pediram um maior rigor na investigação. A dúvida é o que teria motivado o assassinato de Didi, que era muito querido entre as celebridades. A polícia já abriu um inquérito a respeito do tema, mas, por enquanto, não divulgou qualquer linha de investigação.

Fonte: Br.BlastingNews

Mostre isso para seus amigos nas redes sociais