Dez coisas que o Galaxy S8 tem e o iPhone 7 não

Dez coisas que o Galaxy S8 tem e o iPhone 7 não

Mostre isso para seus amigos nas redes sociais

O Samsung Galaxy S8 é o novo concorrente do iPhone 7, da Apple, ao menos até o provável lançamento do iPhone 7S ou iPhone 8, no segundo semestre deste ano. A fabricante sul-coreana aposta em várias novidades em design e recursos de última geração para conquistar os usuários no segmento de celulares top de linha.

Com tela grande e curvada, três tipos de autenticação por biometria e a promessa de recarga de bateria mais rápida, o smartphone da Samsung traz características interessantes que não estão presentes na ficha técnica do celular da Apple. Descubra todas elas na lista a seguir.

Galaxy S8 e S8 Plus: testamos os celulares da Samsung com ‘tela infinita’

O Galaxy S8 tem uma tela de 5,8 polegadas “infinita”, contra o display de 4,7” sem bordas curvas do iPhone 7. Desse modo, o celular da Samsung deve agradar mais aos usuários que gostam de assistir a filmes e séries pelo smartphone. O S8 traz ainda resolução Quad HD+ (2960 x 1440 pixels), o que gera uma densidade de pixels de aproximadamente 570 pixels por polegada – bem maior do que os 326 ppi encontrados no iPhone, que deve entregar imagens com menor definição.

O display na proporção 18,5:9 é outra novidade do S8, algo semelhante ao adotado no também recém-lançado LG G6. Já o painel do iPhone 7 ainda segue com o tradicional 16:9. Na prática, os apps para Android deverão se ajustar bem à tela do S8. Durante a exibição de filmes, o usuário poderá configurar se quer a imagem na íntegra (com barras nas laterais) ou preenchendo a tela (no modo zoom).

Tela do novo Galaxy S8 tem 5,8 polegadas, resolução Quad HD+ e novo formato 18,5:9

Os celulares da Apple contam com desbloqueio de tela por digitais desde o iPhone 5S (quando chegou o Touch ID), mas o Galaxy passou na frente nesse quesito. No novo S8, a Samsung oferece também reconhecimento facial – com uma possível brecha de segurança, segundo sites estrangeiros – e scanner de íris para destravamento.

A promessa é de que basta um olhar rápido para desbloquear o smartphone. A tecnologia tem a vantagem de dispensar o uso das mãos. O sensor de digitais permanece no aparelho, agora localizado na parte traseira.

O Galaxy S8 vem com a mesma resistência a água e poeira do Galaxy S7, que permanece superior à disponível no iPhone 7. O primeiro vem com certificação IP68, que protege contra mergulho em até 1,5 m por meia hora em líquidos. Já o iPhone pode ficar debaixo d’água pelo mesmo período, mas à profundidade de um metro, segundo a certificação IP67.

Embora o iPhone 7 seja compatível com o Apple Pay, o recurso ainda não funciona no Brasil. O Samsung Pay, por outro lado, já funciona em todo o país com máquinas de cartão comuns. O serviço da marca coreana depende da disponibilidade dos bancos e bandeiras de cartão de crédito, mas em tese qualquer comprador do Galaxy S8 poderá usar o celular para fazer pagamentos digitais.

Galaxy S8 tem brecha que permite acessar telefone usando uma foto do dono.

iPhone 7: cor vermelha chega à Apple Store e operadoras do Brasil.

O iPhone 7 tem uma câmera frontal de 7 megapixels, melhor que a do antecessor iPhone 6S. Mas, em tese, não é suficiente para bater o sensor de selfies do Galaxy S8. O novo modelo da Samsung tem câmera de 8 megapixels na parte frontal, que, pela primeira vez, conta com autofoco para evitar áreas borradas – a câmera secundária do iPhone não tem essa tecnologia.

O Galaxy S8 estreia na linha de celulares da Samsung a porta USB-C, que permite carregamento rápido e com ponta reversível – não importa o lado inserido, ele sempre encaixa de forma correta. O conector Lightning do iPhone ainda não oferece carregamento rápido de bateria, uma das queixas mais recorrentes dos donos de modelos mais recentes da Apple.

iPhone 7 não tem mais entrada para fones, que permanece no S8.

O celular top de linha da Samsung também é mais versátil para recarregar a bateria de 3.000 mAh, já que conta com suporte a carregador sem fio. O recurso ainda não está disponível no iPhone 7.

A Samsung não seguiu a tendência lançada por Motorola e Apple, e manteve a entrada padrão para fone de ouvido no Galaxy S8. O aparelho continua aceitando fones com fio sem adaptador; diferentemente do iPhone 7, que abandonou a velha entrada P2 para focar em fones de ouvido wireless.

Mesmo compatível com fones comuns, o Galaxy S8 trabalha com fones sem fio melhor do que o iPhone 7. O novo modelo sul-coreano tem suporte à mais recente geração 5.0 de Bluetooth, que promete mais estabilidade e novos recursos. Uma vantagem é que o celular pode, por exemplo, conectar-se a dois fones sem fio ao mesmo tempo para transmitir o mesmo áudio.

Poder de processamento não deverá ser problema com o Galaxy S8, que traz em seu interior componentes de nova geração, construídos a 10 nm. E, para demonstrar a capacidade do celular, ele poderá ser usado também em modo desktop. Com o acessório Samsung DeX, o S8 funciona com teclado, mouse e monitor externo, exibindo um visual de Windows para trabalhar melhor em qualquer lugar.

O Galaxy S8 vem com uma só opção de memória interna: 64 GB. É o dobro da versão de entrada do iPhone 7, que vem com 32 GB para guardar fotos, vídeos e outros arquivos.

Além disso, o modelo da Samsung continua oferecendo mais flexibilidade para quem precisa de muito espaço. O smartphone permite expandir a memória para até 320 GB com um cartão microSD de 256 GB. O iPhone 7 não tem essa vantagem, e só oferece o máximo de 256 GB em uma versão que custa muito mais caro do que um cartão microSD de tamanho equivalente.

Mostre isso para seus amigos nas redes sociais