Mulher fica com lábios deformados após clareamento nos dentes

Mostre isso para seus amigos nas redes sociais

labios

 

Algo que deveria ter sido uma celebração se tornou, na verdade, um pesadelo: uma jovem que fez um clareamento dentário para comemorar a retirada definitiva dos aparelhos sofreu uma severa reação ao tratamento. Como consequência, Abbie Kilbride, de 18 anos, acordou com os lábios queimados e deformados. As informações são do portal de notícias britânico Daily Mail

A adolescente de Renfrewshire disse que a dor era tanta que pensou que suas gengivas estavam prestes a se separar por causa das queimaduras causadas pelo gel. Mesmo após cinco dias, a jovem ainda não conseguia se alimentar. Em uma postagem no Facebook, compartilhada mais de 7 mil vezes, Abbie compartilhou uma série de imagens das imensas e dolorosas bolhas que tomaram conta de sua boca.

Eu quis divulgar nas redes sociais o que aconteceu comigo para que as pessoas procurem se informar antes de realizar qualquer procedimento.

Segundo Abbie, uma dentista que atendia em domicílio foi até a casa da garota para fazer o clareamento a gel depois que a jovem tirou permanentemente o aparelho dentário. O tratamento levou uma hora para ser concluído e que, a cada 15 minutos, a mulher aplicava o gel sobre seus dentes, chegando à gengiva.

Em nenhum momento ela me perguntou se eu era alérgica a algum tipo de medicamento. Nem mesmo minha idade a mulher questionou.

Quando o tempo de espera com o gel acabou, a jovem disse que sua boca ficou dormente e que, ao comentar isso com a suposta dentista, a mulher afirmou que era uma reação normal e que Abbie poderia usar batom para cobrir a vermelhidão. Duas horas depois, com a boca ainda inchada, Abbie tentou usar anti-histamínico e gelo para amenizar as dores. Contudo, a jovem não sabia que o pior ainda estava por vir. Quando acordou na manhã seguinte, teve uma surpresa assustadora.

Meus lábios estavam colados e o lado direito deles estava tão inchado que parecia que eu tinha apanhado em um ringue de boxe. Fui à farmácia para ver o que eu poderia passar para amenizar o hematoma, mas o farmacêutico, assustado, recomendou que eu fosse direto para o pronto-socorro.

Quando cheguei ao hospital e os médicos me viram, eles riram e disseram que fui burra por ter acreditado em uma pessoa desconhecida que não tinha nem mesmo um consultório. Falaram, ainda, que esperavam que eu tivesse aprendido a lição.

Após a bronca, os médicos receitaram à jovem um anti-histamínico e remédios para as feridas que surgiram dentro de sua boca.

As bolhas queimavam tanto que parecia que minha boca estava pegando fogo. Na manhã seguinte, eu acordei ainda com a dor, mas o inchaço havia diminuído um pouco. Em relação às bolhas, havia duas grandes nos meus lábios, de coloração amarelada.

Abbie voltou ao hospital, onde foi examinada por três dentistas diferentes. O diagnóstico foi o mesmo: queimaduras de terceiro grau. Para tratar a infecção, a jovem foi submetida a uma dieta à base de sopa e ovos mexidos.

Fonte: R7

Mostre isso para seus amigos nas redes sociais